Pablo Vilela

Declaração de Amor

In Outras Revisões on 2 de fevereiro de 2007 at 7:14 pm

Dia desses, na comunidade Revisores, conversávamos sobre o amor à profissão. Falemos, então, sobre o amor.

Declaração de Amor

Clarice Lispector

Esta é uma confissão de amor: amo a língua portuguesa. Ela não é fácil. Não é maleável. E, como não foi profundamente trabalhada pelo pensamento, a sua tendência é a de não ter sutilezas e de reagir às vezes com um verdadeiro pontapé contra os que temerariamente ousam transformá-la numa linguagem de sentimento e de alerteza. E de amor. A língua portuguesa é um verdadeiro desafio para quem escreve. Sobretudo para quem escreve tirando das coisas e das pessoas a primeira capa de superficialismo.

Anúncios
  1. Oi, Pablo! Que maravilha de blogue! Só soube da existência dele hoje. Pode ter certeza de que voltarei muitas e muitas vezes. Parabéns pela iniciativa. Beijos da amiga de Manaus.

  2. A língua portuguesa é fonte de amor, poço de dor:
    Nas provas da escola,
    Nas regras dúbias da sociedade,
    Nas confissões ao diário,
    Nas cartas piegas de amor.
    Para compreendê-la é preciso amá-la,
    Há que se ter vigilância e dedicação
    Essa, meu amigo, é tarefa árdua e constante.
    Se vale a pena?
    Como Fernando Pessoa nos lembrou:
    Tudo vale a pena
    Se a alma não é pequena.
    Então, sejamos grandes.

  3. Espaço interessante.
    Espero que aqui seja uma das suas fontes de realização.
    E…
    Viva a LP!!!
    nhah ^.^

  4. Amo todas as línguas, mas só me coube saber da portuguesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: