Pablo Vilela

Direitos Iguais

In Dia a Dia do Revisor on 8 de janeiro de 2008 at 4:12 pm

braille.jpgConversava com a Laís sobre como fazem os deficientes visuais para ler as novidades literárias, já que a demanda para publicação em braille é enorme e a produção é mínima.

Ela disse que o processo é simples: compra-se o livro, escaneia-se página por página, uma a uma, e usa-se um OCR (programa que transforma imagem em texto).

Acabou? Não. Feito isso, revisa-se todo o livro, já que a leitura da máquina é imperfeita, sobretudo se a impressão não é boa. Gera-se um PDF e, aí sim, pode-se ler tranqüilamente o livro.

Agora a pergunta: por que as editoras não disponibilizam seus livros para download ou leitura online (protegidos contra cópia, que seja) para quem gosta e precisa de ler no computador? Além de tudo, seria mais barato para elas.

Anúncios
  1. Pablo, “tem coisas que só a Philco faz pra você”, entende?
    Essa pergunta é uma daquelas que não calam jamais… porque 70% dos brasileiro respondem ao “boa noite” do Willian Bonner?

    Um abraço!

    Ah! Curti a tabela do hífen… já está comigo!

  2. Que legal esse assunto, bem interessante; uma amiga minha, estudante de Letras, trabalha como revisora junto aos cegos (ela enxerga) lá na Dora Novil, onde fazem esse trabalho de passar livros pro braile.

  3. Há coisas realmente difíceis de entender; algumas são mais simples de ser resolvidas do que parece. Além do mais, a solução de editoras lançarem seus livros em formato eletrônico não beneficiaria apenas deficientes visuais, mas também pessoas que vivem em lugares distantes, em cidades que nem biblioteca possuem e onde o incentivo à cultura é quase nulo. Sim, porque isso existe no Brasil. Grande beijo!

  4. Gente, eu não sei, mas não entendi como a digitalização de um livro pode ajudar deficientes visuais. Só se a pessoa tiver uma deficiência parcial. Mesmo assim, não é necessário escanear o livro: é só lançar mão da última prova diagramada da editora e pronto.
    De resto, é o que o Fábio Vanzo diz: conheci a gráfica da Dorina Nowill e aquilo é fantástico. E eles não são tacanhos, não, passam pro braille sempre os últimos best-sellers.
    Quase fui voluntária lá, para gravar livros ou revistas, mas os horários não bateram. Mas isso ainda está nos meus planos.

  5. Leticia, há um programa específico para deficientes visuais utilizarem o computador. Ele lê os textos e transforma a palavra falada em textos. A Laís pode nos explicar melhor, mas esse programa é excelente e o computador pode ser imensamente aproveitado numa boa. É quase a mesma coisa da gravação feita na Dorina Nowill, mas é ao vivo, hehehehe.

    Beijos.

  6. Oi, Leticia
    É isso mesmo que a Cássia explicou. Existem alguns softwares de voz, os leitores de tela. Eles transformam as palavras digitadas e as telas da maioria dos programas em voz e permitem que os deficientes visuais digitem o que quiserem. Mas eles não transformam o que falamos em texto, é tudo por digitação; existem recursos para isso, ou seja, transformar o que é falado em texto digitado; mas são necessários programas adicionais. Não é imprescindível, a menos que o usuário tenha algum problema motor…

    O que a Fundação Dorina faz tem uma qualidade imensa mesmo, principalmente as publicações em braille. Acho que qualquer iniciativa é sempre bem-vinda e cabe ao leitor decidir o que prefere. Grande beijo!

  7. Esse recurso é também muito importante para aqueles em que a deficiência é recente, pois o processo para se alfabetizar em braille e adquirir fluência é demorado.
    E é isso mesmo, Leticia, bastaria que as editoras pusessem à disposição suas provas finais. Não haveria custo e o lucro seria imediato.

  8. que drogaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!

    eu quero saber sugestões para que todos tenham direitos iguais…

    Povo burro

    Quem mandou essa mensagemm indiota e burra ?

    isso é uma poiqueira.

    manda a resposta da minha pergunta antes do dia 26/04/08. Tá?

    Desculpe por aquelas palavras eu tou estessada tá?

    ddddeeeeeeeesssssssscccccuuuulllllllppppppeeeeee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: