Pablo Vilela

Português, por que não?

In Dia a Dia do Revisor on 18 de fevereiro de 2008 at 3:11 am

O título é inspirado no excelente curso de alemão da Deutsche Welle. O tema, no comentário do Rick: Difícil nada: rico!

Sempre lutei contra aqueles que desencorajam o ensino de língua portuguesa na escola. A desculpa é que gramática é difícil, que são muitos nomes, que os pequenos não entendem e não conseguem aprender.

Você já viu a quantidade de botões que uma criança tem de decorar para jogar videogame? Já notou a facilidade com que aprende o nome de personagens de desenho animado até em línguas estrangeiras? E é difícil aprender gramática?

E se for mesmo? Por que deveria ser fácil? Não tem de ser fácil. Perderia a graça. Deve ser difícil, desafiador. Tem de exercitar a memória, o raciocínio lógico, a criatividade, a concentração. Não é para isso que se presta o estudo? Não é para isso que serve o cérebro?

Anúncios
  1. O problema, Pablo, é que vivemos cada vez mais numa época em que a teoria “menos é mais” vem sendo ampliada, mas no sentido negativo.

  2. Nó, português é complicado mesmo, mas pelo menos é útil.
    Claro que a língua portuguesa tem que ser ensinada na escola! Sendo ensinada já tem esse monte de adolescentes que não sabem ler nem escrever direito, imagine se não fosse!
    Mas tenho que confessar uma coisa: quando estou na aula de Linguística me dá uma saudadinha de Cálculo Diferencial, tããão mais previsível…

  3. Como diz minha sábia professora de dança cigana: “O que vem fácil, vai embora rapidamente”. Acho que somos mesmo ensinados a fugir das dificuldades, a tentar escapar do que não entendemos. A meu ver, a grande graça está em perceber o difícil e provar para nós mesmos que dá sim, por que não? O não vem das pessoas, não das coisas. 😉 E português não é fácil mesmo e talvez, por essa razão, é belíssimo!

    Beijo doce.

  4. Tem que ser ensinado e aprendido.

  5. Aprender português é difícil? bom, pra mim, qualquer assunto com o qual não se tem a menor intimidade torna-se complicado e inútil. Mas as pessoas querem decorar a gramática, querem decorar as figuras de linguagem sem nunca terem lido um poema… E daí que o pai que “detesta ler porque é chato” e nunca conseguiu saber a diferença entre o artigo indefinido e o numeral ensina ao filho que português é difícil, que “crase é impossível”… Você não concorda, Pablo, que ler é o caminho para aprender português? e gostar da língua? e dominar as regras gramaticais? beijo, querido!

  6. Penso que ler seja parte do caminho. Escrever é outra parte. Ouvir e falar também são partes importantes. E estudar gramática também é uma parte essencial do caminho para aprender qualquer língua. Todas essas pequenas partes se completam e são indispensáveis.
    E é isso mesmo, Rick, Cássia: facilitar as coisas para melhorar nossa vida tudo bem, mas para piorar? Não dá, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: