Pablo Vilela

Paredes Vivas

In Hora da Leitura on 20 de fevereiro de 2008 at 9:02 pm

Há quem saiba usar o argumento certo para persuadir a outrem. A Sol indicou-nos um livro. Na verdade, indicou um único capítulo: o último. Resultado: tive de ler o livro inteiro. Sacrifício nenhum, pois é muito bom (mas preciso ressaltar que a revisão da edição por mim adquirida é bem ruim).

A seqüência das crônicas mostra a estada de um ano do cronista em Berlim, as dificuldades por que passou, as descobertas que fez. Risadas garantidas do começo ao fim. Na última crônica (a tal indicada pela Sol), estamos de volta ao Brasil, à infância do cronista (pergunto-me até agora o que essa crônica faz lá). É aí que conhecemos seus primeiros contatos com os livros. É para ler e ter vontade de voltar à infância para começar tudo de novo.

Aquelas paredes cobertas de livros começaram a se tornar vivas, freqüentadas por um número estonteante de maravilhas, escritas de todos os jeitos e capazes de me transportar a todos os cantos do mundo e a todos os tipos de vida possíveis.

João Ubaldo Ribeiro

Anúncios
  1. uma parede de livros pra mim é um sonho de consumo…

  2. Esse conto da Clarice você deve conhecer, mas pra mim é campeão em matéria de tratar desse assunto: o amor pelos livros na infância. O conto se chama “Felicidade clandestina”. A história é verdídica! Segue um trecho que me arrepia…
    “Na minha ânsia de ler, eu nem notava as humilhações a que ela me submetia: continuava a implorar-lhe emprestados os livros que ela não lia. Até que veio para ela o magno dia de começar a exercer sobre mim uma tortura chinesa. Como casualmente, informou-me que possuía As Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato. Era um livro grosso, meu Deus, era um livro para se ficar vivendo com ele, comendo-o, dormindo-o. E completamente acima de minhas posses.”

  3. […] Um brasileiro em Berlim. Esse eu não li. Pode me emprestar, quando acabar de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: