Pablo Vilela

Bela Atrocidade

In Dia a Dia do Revisor on 15 de dezembro de 2008 at 2:34 am

il_430xn49000498Beleza e atrocidade. A Cássia definiu perfeitamente com essas duas palavras a arte da Carambatack (qualquer semelhança com suas Carambolas Azuis haverá de ser mera coincidência).

O trabalho consiste na crueldade de arrancar páginas de livros antigos, muito antigos, e fazer delicadas ilustrações sobre elas, transformando-as em cartões decorativos, etiquetas, adesivos e o que mais você seja capaz de imaginar.

O resultado é lindo, mas dói só de pensar como tudo começou.

Anúncios
  1. Não acho nada lindo, é horrível. Abuso e violação. Poderá ser exagero, mas é o que sinto.

    Abraço
    Helena

  2. Não é nada lindo, é horrível. Violência e abuso. Poderá parecer exagero, mas é o que sinto.

    Abraço
    Helena

  3. Desculpe, Pablo, pensei que não tinha saído e repeti o comentário, mas as palavras já não foram as mesmas, claro. Fiquei mesmo irritada. Pode deixar só o primeiro. Obrigada.
    Helena

  4. Ahá! Então é esse o nome do que vi ontem em uma exposição na Faap?

    Esteticamente fica até bonitinho, mas valha-me Deus! A gente não pode fazer isso nem com Código Civil de mil novecentos e bolinha!

    O problema não é a coisa em si. É o racional da coisa, o desprezo pelo livro X, por mais inútil que ele possa ser hoje.

    Espero que não caia no gosto das fofoletes do scrapbook. Ou melhor, espero que o comércio de scrapbook tenha a feliz idéia de comercializar a coisa pronta. Sabe como é, as meigas não gostam de ter trabalho…

  5. Não se preocupe, Helena. Eu entendo sua revolta.
    Talvez ela devesse tirar cópia da página e aí sim pintar por cima. Seria mais saudável.

  6. Pode não ser crime, não ser o horror.Talvez páginas arrancadas de algum livro já moribundo ou mesmo morto,mulambo encontrado no lixo.Às vezes encontro uns coitadinhos por aí, despaginados, maltratados,sombras do que foram algum dia.Eu cato e levo pra casa, pensando que ainda podem servir pra alguma coisa.
    Ai, que méda de comentar por aqui,sem auxílio de revisor…
    um abraço
    may shuravel

  7. Revisor,
    Os fins justificam os meios? ;-(
    Paulinha

    http://paulinha.akkari.zip.net

  8. Não tenha medo, May. O revisor não morde. Quanto aos livros, talvez muitos deles você possa restaurar. Temos amigos aqui que entendem bastante do assunto (a Leticia, que comentou aí acima, por exemplo).
    Acho que não, Paulinha. Por mais velhinho que seja, o livro merece ser respeitado.

  9. Ih, agora me esparramo…
    Tenho mesmo uma porção de livros precisando de restauro, alguns muito antigos,da infância de minha mãe.Foram guardados, primeiro por ela, depois por mim, com cuidado e carinho.Quando falo nos trapos que recolho por aí, não estou me referindo a livros,mas ao que restou deles.Restauro nenhum daria conta de tranformá-los em livro novamente.São apenas vestígios,gosto deles pelo que sugerem,pelo gosto de imaginar as histórias que algum dia contaram.E se a artista em questão trabalha com esse tipo de material? E se a proposta for justamente dar nova vida a esses fragmentos?
    Não tenho motivo algum pra defender a moça, não a conheço.Nem ao menos gosto do resultado do seu trabalho, achei fraquinho, fraquinho.Só penso que não é justo incriminá-la sem ter certeza de que o crime foi realmente cometido.Enfim, foi só pelo gosto de jogar conversa fora(no bom sentido)nesse blog que eu tanto aprecio.
    um grande abraço
    may

  10. Olá,

    crime, um crime sem castigo e muitos comentários. Pablo, iniciei há pouco um curso para formar Revisores.Há alguma dica que possa dar para quem vai entrar na profissão ? Dicas de livros, comportamentos, hábitos…tudo, tudinho…

  11. Tomara que seja isso memso que ela faça, May. A propósito, você bem que poderia dar um fim pomposo às páginas que você recolhe.
    Há várias dicas, Karenina. A principal delas é: ame nossa profissão. Prometo que darei outras aqui em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: