Pablo Vilela

Pai dos Burros

In Dia a Dia do Revisor on 28 de maio de 2009 at 9:27 am

Quando criança, perguntei em vão o significado de uma palavra.

Meu pai, maior inspiração para tornar-me revisor, é engenheiro. Não mo respondeu. Limitou-se a apontar o indicador para o velho Aurélio.

Vendo que eu mal entendera, replicou: se lho respondo, logo o esquecerá. Se busca suas próprias respostas, lembra-se por mais tempo e saberá sempre onde e como as encontrar.

Anúncios
  1. Que ótima resposta. Ele estava certo. 🙂

  2. ………… talvez por isso o pessoal do escritório me pergunta as mesmas coisas todos os meses……………………

    obrigado pela lição.

  3. E não é que é verdade?

    :*

  4. História doce além da conta… Dá até para imaginar a cena.

    Grande beijo.

  5. Sabe o que é curioso? Minha mãe teve esse mesmo comportamento do seu pai, e aqui estou eu: revisora!

    Juro, se algum dia eu tiver um filho e ele me perguntar o significado de alguma palavra, vou responder sem a menor parcimônia, talvez ele tenha melhor sorte que eu! =)

  6. doce disciplina…
    abraço

  7. Pois é, pessoal, sempre carreguei essa lição comigo. Há ensinamentos que aprendemos quando crianças de que jamais nos esquecemos.
    Para não assustar, Eustáquio, comece a procurar os significados junto com eles. Eles hão de se acostumar.
    Pena você pensar assim, Flávia. Agindo assim, você dará um péssimo exemplo ao seu pobre filho. Talvez um dia ele lastime depender dos outros para tudo. A propósito, considero-me especialmente sortudo (e conheço vários com a mesma sorte) por ser revisor.

  8. Ele é pai…e perdoa-nos sempre!!!
    Um bom Domingo pr avc e parabéns por esse trabalho maravilhoso por aqui.

  9. Pretendo seguir o mesmo caminho com minha filha, só que o direi com um semblante amável. Endurecer com ternura.

  10. Muito obrigado, Lia. É mesmo, pai é pai. Ele sempre tem algo a nos ensinar. 🙂
    Mas meu pai foi amável, Caceres. Mesmo com o jeito ligeiramente ameaçador, ele sempre foi um ótimo pai.

  11. H C

    Ser revisor é uma via de mão dupla, às vezes é muito bom, às vezes é muito ruim. Meu outro comentário foi escrito num dia muito ruim. 🙂

  12. Toda profissão tem seus percalços, Flávia. Não há nada de anormal com a nossa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: