Pablo Vilela

Tem uma Poesia, Tio?

In Dia a Dia do Revisor on 18 de junho de 2009 at 1:27 am

Saía do shopping. Abordaram-me. Tem um trocado, tio? O receio fez-me recuar. Não trago carteira. E lancha como? Em casa, onde vocês deveriam estar a horas tais. É cedo, não podemos voltar. Entendo (pais exigentes). Qual seu trabalho?

Entenderiam que sou revisor de textos?

Trabalho com livros. Olhos brilham. Pode nos dar um livro (sugerem o personagem violento da moda), em vez de dinheiro. Dou um livro decente. Poesia, tio! Ótima escolha. Um não, um para cada. Fechado. Mas não demore, tio. Não demorei.

Anúncios
  1. Que história linda, Pablo.

    Você tem noção da sementinha que plantou? 😀

    Parabéns.

    Beijocas.

  2. Assim espero, Magda. Se isso fizer que eles busquem um pouco mais da vida, ficarei muito satisfeito.

  3. Sou tão pessimista com essas coisas, Pablo! Bem, se os pais não esqueceram a alfabetização…

  4. Bem, Leticia, considerando que a sugestão foi deles e que vivem na periferia de uma região abastada onde possivelmente tiveram uma boa escola pública, consigo acreditar que a ideia vingue. De todo modo, é uma tentativa.

  5. Deus te ouça! Se estivesse no seu lugar, eu não resistiria também.

  6. Pois é, Leticia, não pude resistir. Foi natural. A nossa parte nós tentamos fazer. Se der certo, tanto melhor.

  7. Lindo de ler, lindo de ver, lindo de querer fazer!

  8. Fique inteiramente à vontade para imitar, Eliana. 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: