Pablo Vilela

Archive for julho \31\UTC 2009|Monthly archive page

A Palavra

In Outras Revisões on 31 de julho de 2009 at 11:53 am

Extraído do prefácio de uma bela homenagem à língua portuguesa.

A palavra

Marcelo Moutinho e Jorge Reis-Sá

A palavra é o único mantimento. Podemos comer arroz, pão ou carne, mas sempre que engolimos qualquer uma dessas substâncias no fundo degustamos também a palavra substantiva. Letra a letra, sílaba a sílaba.

Anúncios

Bom-Senso

In Dia a Dia do Revisor on 29 de julho de 2009 at 2:13 am

Meu pai diz que todos têm bom-senso, ainda que discordem entre si.

O Aurélio sempre teve bom senso. Ao Houaiss tampouco falta bom senso. Priberam também conta com o puro bom senso. Já Michaelis e Aulete, pobres, desconhecem o bom senso.

E o Volp, quem diria? Ele tem bom-senso.

Na guerra de hifens, siga o seu bom(-)senso.

Lux Aeterna

In Outras Revisões on 26 de julho de 2009 at 3:01 pm

De um interessante suspense bibliofílico.

Lux Aeterna

Carlos Ruiz Zafón

Cada livro, cada tomo que está vendo aqui, tem alma. A alma de quem o escreveu e a alma daqueles que o leram e viveram e sonharam com ele. Cada vez que um livro troca de mãos, cada vez que alguém desliza os olhos por suas páginas, seu espírito cresce e se fortalece.

Houaiss, We Have a Problem

In Dia a Dia do Revisor on 22 de julho de 2009 at 11:29 am

Houaiss Virtual

Sem aviso e sem justificação, o provedor UOL eliminou uma de suas únicas utilidades: o dicionário virtual.

O objetivo talvez seja alavancar as vendas do mais novo Dicionário Houaiss. O estranho marketing tem-se propagado nos meios intelectuais.

Sem aviso e sem justificação, o Houaiss virtual voltou. Desatualizado, de acordo com o belo exemplo da ABL.

Houston, We Have a Problem

In Cadê o Revisor? on 20 de julho de 2009 at 10:48 pm

Há quarenta anos o homem pisou a Lua. Um dos maiores passos da humanidade. Você tem certeza disso?

O cético revisor André Basílio, por dever de ofício, analisou as fotografias da expedição. Encontrou várias incongruências. Tire suas próprias conclusões.

E Neil Armstrong, direto da Lua (ou dos estúdios de Hollywood), pergunta: Houston, Cadê o Revisor?

Desconfiança e Aptidão

In Outras Revisões on 17 de julho de 2009 at 9:15 am

De uma das mais raras obras sobre nosso ofício. Publicada em 1967, em Fortaleza, berço de grandes revisores e da comunidade Revisores, de cinco anos recém-completos.

Desconfiança e Aptidão

Faria Guilherme

Os autores, na quase totalidade, não estão em dia com os princípios ortográficos vigentes (…); se cometeram erros de ordem gramatical ou técnica – por descuido os primeiros, por ignorância os segundos –, difícil e impossivelmente deles se aperceberão, por lhes faltarem a desconfiança e a aptidão de ordem gráfica, qualidades do revisor.

Cinto de Segurança

In Dia a Dia do Revisor on 16 de julho de 2009 at 7:17 pm

A Marcelly comenta nas enquetes (vote você também) que A queda do trema me pareceu muito natural. A maioria das pessoas que eu conheço não o utilizava.

DSC00916Há poucos anos, a maioria desprezava o cinto de segurança. Poderiam tê-lo arrancado dos carros. Preferiram educar o povo, já que é tão útil. Usa-se hoje o cinto naturalmente.

Errata Imortal

In Dica do Mês on 15 de julho de 2009 at 11:37 am

O Vocabulário Ortográfico virtual continua indisponível. A Academia ainda desenvolve um nova versão do Volp.

Para apaziguar os ânimos, liberou uma grande errata da quinta edição, que prefere denominar correções e aditamentos, com a tola vergonha de confessar eu errei.

O ideal é imprimi-la e anexá-la a seu livro. Por via das dúvidas, evite colar.

Cânone ou Best-Seller

In Dia a Dia do Revisor on 13 de julho de 2009 at 5:31 pm

A censura do cânone e a liberação do best-seller agitam a escola brasileira.

Minha prima de doze anos devora mil páginas nas férias. Isso não é prejudicial. É a melhor literatura? Talvez não. Por que não? Literatura é entretenimento.

Ademais, se o cânone prefere o calão, tem culpa o best-seller?

Inimigos

In Outras Revisões on 9 de julho de 2009 at 12:08 pm

Inimigos

Saul Bellow

Há apenas um modo de derrotar o inimigo: escrever o melhor possível. Um bom livro é um argumento inegável.

Quase Invisíveis

In Dia a Dia do Revisor on 7 de julho de 2009 at 8:11 pm

Detesto praça de alimentação. Detesto passear com o prato de ração à caça de mesa.

Uso o livro para marcar lugar. Mas livros são invisíveis nesses antros. Grato por cuidar do livro. E procuro outra mesa.

Hoje foi diferente. Num segundo (escolher–pedir–pagar), o livro desaparece. Ninguém entra, ninguém sai! A moça ao lado acode: um senhor, preocupado, entregou-o na lanchonete.

Alívio. Um bibliófilo anônimo. Há desses ali.

Erros Tipográficos

In Outras Revisões on 4 de julho de 2009 at 2:37 am

Para alguma coisa eles haveriam de servir (pela falta de uma melhor, minha tradução é livre).

Erros Tipográficos

Randy K. Milholland

Os erros tipográficos são muito importantes para toda forma escrita. Dão ao leitor algo a procurar em vez de se distrair com a total falta de conteúdo de um texto.