Pablo Vilela

Cinto de Segurança

In Dia a Dia do Revisor on 16 de julho de 2009 at 7:17 pm

A Marcelly comenta nas enquetes (vote você também) que A queda do trema me pareceu muito natural. A maioria das pessoas que eu conheço não o utilizava.

DSC00916Há poucos anos, a maioria desprezava o cinto de segurança. Poderiam tê-lo arrancado dos carros. Preferiram educar o povo, já que é tão útil. Usa-se hoje o cinto naturalmente.

Anúncios
  1. Ah, Pablo. Não poderia haver melhor analogia. Também sou órfã do trema.
    E educação, poxa. Chave para a maioria dos problemas.

  2. A analogia é mesmo interessante, mas acho que não me fiz entender. Não quis dizer que a mudança foi positiva, mas sim esperada. Na verdade, acho que o acordo veio muito mais para confundir do que para ajudar.

  3. Concordo, Pablo. Deveria ser ensinado e não desprezado. Mas entendo a Marcelly (minha quase chará). Ouvi, logo que a reforma entrou em vigor, coisas do tipo: “ué, o trema caiu? Pra mim, já tinha caído há muito tempo.”
    Uma pena.
    bjos

  4. Para quase todos, Leila. 🙂
    Pois é, Marcelly, tento imaginar como explicar que em algumas palavras o u é pronunciado e em outras não. Não é nada intuitivo.
    Na verdade, Marcella, a Folha de S.Paulo causou essa confusão quando, logo que conheceu o projeto do acordo ortográfico, nos idos dos anos noventa, resolveu eliminar o trema por conta própria. Depois de alguns anos, voltou atrás.

  5. Achei exagerado. Gostei das mudanças. Claro que vai ser chato ler livros não alterados e alterados sem saber o que está certo ou não. Ainda há algumas coisas novas a decorar. Vai passar um tempo embuluado, mas logo logo vai passar e todo mundo vai se acostumar a ler, escrever.

  6. O problema não é se acostumar, Caceres. Isso é o mais fácil. O problema é o transtorno e os gastos causados por uma justificativa mentirosa.

  7. Acho que as mudanças só vieram para agradar aos editores e aos que gostariam de renovar copyrights. Acho esta reforma incongruente, desnecessária e irrelevante. Até agora recuso-me a usar o “novo português”. Não sei se vingará. Eu ADORO o trema! Ladyce

  8. Temo que você tenha toda a razão, Ladyce. Os interessados parecem ser justamente esses. Infelizmente não posso me dar ao luxo de recusá-lo.

  9. Pablo, adorei o comentário. Sou uma colega revisora, visito seu blog há tempos e ele está inclusive favoritado no meu. Passei só pra dar um alô. Parabéns pelo trabalho. Um abraço.

  10. Espero vê-la aqui mais vezes, Juliana. Vou visitá-la também. 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: