Pablo Vilela

Bom-Senso

In Dia a Dia do Revisor on 29 de julho de 2009 at 2:13 am

Meu pai diz que todos têm bom-senso, ainda que discordem entre si.

O Aurélio sempre teve bom senso. Ao Houaiss tampouco falta bom senso. Priberam também conta com o puro bom senso. Já Michaelis e Aulete, pobres, desconhecem o bom senso.

E o Volp, quem diria? Ele tem bom-senso.

Na guerra de hifens, siga o seu bom(-)senso.

Anúncios
  1. Com ou sem hífen, com certeza é coisa que falta a muitos. Principalmente atendimento.

    Beijo beijo!

  2. Pablo, isso me faz lembrar o que Descartes já dizia…

    Boa semana pra ti!

    Karla Danielle

    “O bom senso é a coisa que, no mundo, está mais bem distribuída: de facto, cada um pensa estar tão bem provido dele, que até mesmo aqueles que são os mais difíceis de contentar em todas as outras coisas não têm de forma nenhuma o costume de desejarem [ter] mais do que o que têm. E nisto, não é verosímil que todos se enganem; mas antes, isso testemunha que o poder de bem julgar, e de distinguir o verdadeiro do falso que é aquilo a que se chama o bom senso ou a razão, é naturalmente igual em todos os homens; da mesma forma que a diversidade das nossas opiniões não provém do facto de uns serem mais razoáveis do que outros, mas unicamente do facto de nós conduzirmos os nossos pensamentos por vias diversas, e de não considerarmos as mesmas coisas.”

    Descartes (Discurso do Método)

  3. Pablo, chegaste a ler os textos que o professor Cláudio Moreno escreveu sobre o Volp no jornal Zero Hora há algumas semanas? Mesmo ele não sendo lá essas coisas como pessoa, é uma das cabeças mais lúcidas que já se manifestaram sobre a Reforma e o Volp. Vou ver se consigo achar na internet e depois te passo os links.
    abç

  4. Sou obrigado a concordar com você, Leila.
    Sábias palavras, Karla. Todos temos bom-senso, na nossa própria opinião.
    Não o conheço pessoalmente, Djegovsky, mas ele realmente tem uma lucidez, com relação à língua portuguesa, que falta à maioria de nossos cânones. O texto é maravilhoso. Muito obrigado.

  5. Bom dia!
    minha saudação continua sem hifen, estou errada?

  6. Continua, Claudia. O antigo Houaiss tinha um erro que por muito tempo nos enganou. No exemplo do verbete apóstrofe havia um bom dia usado erroneamente com hífen.

  7. Gostei!! Estou, aqui, numa dúvida atroz sobre qual opção seguir. Vou seguir sua dica. Obrigada mais uma vez!!

  8. Oi, Pablo! Sabe se atualmente o “bom-senso” caiu? rs… Ai, ai. Bjos

  9. A controvérsia continua, Patrícia. O Volp impresso tem bom-senso. O Volp online não o tem. Parece-nos que o hífen está perdendo a guerra. Qual você prefere?

  10. Ah, e agora??!!
    Bom, por enquanto…Apelei pro sinônimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: