Pablo Vilela

E Viva a Inutilidade

In Preciosidades on 8 de abril de 2013 at 9:44 am

Sobre a inutilidade da literatura.

E viva a inutilidade! Nunca dispus de uma inutilidade tão produtiva! Sim, porque os livros que li, as pessoas que conheci e, claro, as experiências que vivi tornaram-me o que sou hoje. Não sei se é o melhor resultado, mas a alguns tem agradado. A literatura é, para mim, viagem sem drogas, que provoca um gostoso torpor da alma, e ainda me permite abrir a mente para além dos muros do meu limitado mundo cotidiano.

Indignada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: