Pablo Vilela

Dentro de uma Biblioteca

In Outras Revisões on 8 de maio de 2013 at 10:15 am

Fascinam-me descrições de bibliotecas. Reportam-me à infância, quando admirava a biblioteca de meu avô, maravilhado com as paredes cobertas de livros. Apenas sua mesa de trabalho ao centro, com a grande cadeira de couro, onde ele passava dia e noite, lendo e escrevendo.

Subsolo

Pedro Süssekind

A biblioteca ficava numa sala muito ampla, de pé-direito alto, pouco menor que a sala de estar e separada desta por uma porta dupla de correr. Toda a parede voltada para a Baía de Guanabara era ocupada por um janelão, nas duas salas. Localizadas no fundo da biblioteca, de frente para essa parede de vidro, as prateleiras de livros ocupavam quase toda a extensão do cômodo, que observei enquanto minha anfitriã providenciava um café. Uma mesa de trabalho muito espaçosa, de madeira escura, ficava de lado para a janela, afastada um metro e meio de uma prateleira menor que se prolongava pela parede lateral da sala. Sobre a mesa havia um globo, um laptop e um atril no qual se apoiavam folhas manuscritas.

Anúncios
  1. Também admirava meu avô (falecido, infelizmente) e sua biblioteca. Até hoje vejo que a figura dele é presente na minha vida e nas minhas ideias. Preparei uma homenagem para ele ano passado, porém nenhuma editora até agora gostou da ideia.

  2. Não desista, Vinicius. É possível também fazer uma edição independente. É algo a se pesquisar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: