Pablo Vilela

Sexismo na Linguagem

In Hora da Leitura on 31 de maio de 2013 at 11:54 pm

Cláudio MorenoO professor Cláudio Moreno é desses paladinos da língua portuguesa que não se permitem vencer por modismos. Sua Língua é afiada. Longe de ser retrógrado, é um incessante defensor da lógica, do raciocínio, do bom argumento.

Aqui ele demonstra sua competência discursiva no mais polêmico tema de nosso gramaticalmente incorreto mundo politicamente correto.

Nossa gramática não tem o “viés” (palavrinha da moda…) sexista que lhe atribuis. (…) Em primeiro lugar, essa “supremacia” do masculino que nos leva a usar convidados, e não convidadas (…) (e que faz o dicionário registrar os substantivos no masculino singular – aluno, lobo, prefeito) – essa supremacia, repito, é ilusão. (…) Por isso, quando quisermos ser genéricos, podemos usar o singular, masculino (ou seja, o número e o gênero não marcados). (…) Paradoxalmente, o gênero que exclui é o feminino: se dissermos que o aumento vai ser estendido aos aposentados, homens e mulheres estão incluídos; se for, porém, estendido às aposentadas, os homens estão fora.

As mulheres não devem sentir-se humilhadas por isso; é assim que funciona o nosso idioma.

Cláudio Moreno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: